Fracionado CO2 (Dual Deep) | Dra. Jackeline Mota

Fracionado CO2 (Dual Deep)

Um moderno aparelho que utiliza o CO2 fracionado para remover a camada superficial da pele através de minúsculas perfurações, que irão estimular a produção de colágeno e reestruturar área tratada. É indicado para o tratamento de linhas finas, pigmentação, poros aumentados, rugas, cicatrizes e flacidez.

O Laser Dual Deep representa a última geração de laser de CO2 fracionado. Essa tecnologia promove a ablação, ou seja, a remoção da camada superficial da pele através da descamação, e a posterior produção de colágeno para a reestruturação da região tratada.

Através do CO2 fracionado, que emite feixes de luz sobre a pele como se fosse uma espécie de carimbo, o Dual Deep provoca pequenas perfurações. Esse aquecimento estimula a produção de colágeno, auxiliando na sua renovação. A tecnologia pode ser utilizada para tratamento do rosto, pescoço, colo, mãos e pernas.

CO2 é a representação química do dióxido de carbono, constituído por dois átomos de oxigênio e um átomo de carbono. O Dual Deep® utiliza o CO2 de forma fracionada, ou seja, permite que o laser atinja a pele por meio de vários microfeixes de luz, muito próximos uns dos outros, para aquecer e eliminar as células atingidas.

A produção de colágeno é ativada pelo aquecimento dos pequenos espaços da pele que não são atingidos pelo laser. São essas áreas de pele que vão acelerar a recuperação dos tecidos tratados, substituindo-os por novos tecidos e promovendo a reestruturação da camada mais superficial da pele, chamada de epiderme.

O CO2 fracionado é indicado para tratamento de cicatrizes de acne, cirúrgicas ou traumáticas; flacidez facial; manchas (lesões pigmentadas); poros dilatados; rugas profundas; mudanças de textura na pele causadas pelo sol e estrias, e para promover um rejuvenescimento intenso e profundo na pele. É um dos melhores tratamentos para combater os famosos “códigos de barra”, aquelas rugas em volta da boca que aparecem principalmente em pessoas fumantes.

Como é o tratamento?

O paciente precisa primeiro passar por uma avaliação médica, para o profissional entender os problemas e os objetivos do paciente, assim como identificar as áreas que necessitam de tratamento. Após essa avaliação, o médico irá estabelecer o melhor tratamento, definindo desde a potência do laser, passando pelas áreas que serão tratadas, até a quantidade de sessões.

Possui interesse por este tratamento?

Agende sua consulta com a Dra. e saiba mais sobre ele.

Agendar consulta